Banco do Nordeste recebe propostas artísticas para programações dos seus centros culturais de Fortaleza e do Cariri em 2006

Banco do Nordeste recebe propostas artísticas para programações dos seus centros culturais de Fortaleza e do Cariri em 2006

FORTALEZA, 31.08.2005 – O Banco do Nordeste recebe, de amanhã (quinta-feira, 1º) até 30 de setembro, propostas artísticas para participação nas programações do Centro Cultural BNB-Fortaleza e Centro Cultural BNB-Cariri, durante o ano de 2006.

Todas as informações (edital e formulários) para inscrição de propostas estarão disponíveis no portal do BNB, no endereço www.bnb.gov.br/cultura , a partir do dia 1º de Setembro.

Informações adicionais podem ser obtidas pelo email cultura@bnb.gov.br ou pelo fone (85) 3464.3108. O resultado da seleção será divulgado em 30 de novembro deste ano.

Os interessados poderão apresentar propostas nas áreas de música, artes visuais, artes cênicas, cursos de apreciação de arte, atividades culturais infantis e também para o segmento de Novas Idéias (estas podem ser oriundas de quaisquer segmentos da cultura, e podem ser realizadas dentro ou fora das instalações dos Centros Culturais BNB de Fortaleza e do Cariri).

As inscrições serão feitas mediante entrega do formulário-proposta (disponível no portal do BNB), específico para cada uma das atividades, devidamente preenchido com letra legível ou digitado, assinado pelo responsável pela proposta e acompanhado dos respectivos anexos.

Qualquer pessoa física ou jurídica pode apresentar projetos para as duas unidades do Centro Cultural BNB. A entrega do formulário-proposta poderá ser feita, pessoalmente, de segunda a sexta-feira, nos seguintes locais e horários:

* Centro Cultural BNB-Fortaleza-CE (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), de 10 às 20 horas;
* Agência BNB-Juazeiro do Norte-CE (rua São Pedro, 333 – Centro – fone: (88) 3512.3077), de 10 às 15 horas;
* Agência BNB-Crato-CE (rua Cel. Luiz Teixeira, 1015 – Centro – fone: (88) 3523.1690), de 10 às 15 horas;
* Agência BNB-Campos Sales-CE (rua Júlio Norões, 275 – Centro – fone: (88) 3533.1225), de 10 às 15 horas;
* Agência BNB-Brejo Santo-CE (rua José Matias Sampaio, 107 – Centro – fone: (88) 3531.1003), de 10 às 15 horas;
* Agência BNB-Iguatu-CE (rua Agenor Araújo, 1153 – Centro – fone: (88) 3581.1388), de 10 às 15 horas;
* Agência BNB-Lavras da Mangabeira-CE (Pça. Humberto de Alencar Castelo Branco, 2 – Centro – fone: (88) 3536.1076), de 10 às 15 horas.

Pelo correio postal, os proponentes poderão enviar seus projetos, exclusivamente para o endereço abaixo, em envelope lacrado, devidamente identificado, com data de postagem não posterior a 30/09/2005:

Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza
Formulário-proposta para Programação CCBNB 2006
Rua Floriano Peixoto, 941 – CentroFortaleza (CE) – CEP 60150-100
Fone: (85) 3464.3108

CCBNB no Cariri

O BNB decidiu ampliar sua ação cultural mediante a instalação de novos Centros Culturais. Assim é que, a partir de 2006, estará em funcionamento o Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri, localizado na cidade de Juazeiro do Norte (CE), atuando em vários municípios que integram a região do Cariri, localizados em quatro estados nordestinos (Ceará, Pernambuco, Piauí e Paraíba).

Tendo como princípio que uma ação cultural efetiva é resultado do diálogo com os indivíduos, com as comunidades e com outros espaços culturais, o Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri está sendo implantado a partir de uma interação com as populações dessa região.

Um dos resultados dessa troca foi a identificação das demandas específicas de apoio à produção local, à inclusão digital e à formação de artistas e técnicos da área cultural. O CCBNB-Cariri buscará atender estas demandas já no seu primeiro ano de funcionamento, em 2006.

Política cultural do BNB

A ação cultural do CCBNB é voltada, principalmente, para a difusão da cultura, a formação de novas platéias e o desenvolvimento profissional dos agentes culturais. Esse trabalho é realizado mediante o compartilhamento das responsabilidades de sua programação com o público, aliado à interação permanente com a comunidade produtora dos bens e serviços culturais.

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) é o principal agente do Governo Federal para o desenvolvimento da Região Nordeste. O BNB compreende que, para se obter êxito numa política desenvolvimentista, faz-se necessária uma atuação relacionada à melhor compreensão que cada indivíduo tem de sua cultura local, considerando também as influências e contribuições das culturas nacional e universal, condição essencial para que a sociedade nordestina encontre seus próprios caminhos e soluções.

O Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB) é uma ação concreta dessa política. Inaugurado em julho de 1998, em Fortaleza, o CCBNB, já se firmou no cenário cultural da Região, como um espaço onde é permitido experimentar a diversidade de conceitos, estilos e suportes, oferecidos em sua programação. Isto significa trabalhar cada Programa relacionando-o a um contexto mais amplo, além do espaço físico do CCBNB, transformando-se em um lugar de encontro dos vários públicos e reflexão sobre nossa cultura.

ENTREVISTAS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
* Henilton Menezes (gerente do ambiente de Gestão da Cultura do BNB) – (85) 3464.3109 / 9944.4357 – henilton@bnb.gov.br
* Tibico Brasil (gerente do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza) – (85) 3464.3179 / 9987.8734 – tibico@bnb.gov.br
* Luciano Sá (assessoria de imprensa do BNB) – (85) 9117.1234 / 3299.3218 – lucianoms@bnb.gov.br

Fonte: Luciano Sá
www.bnb.gov.br

One comment

  1. Banco do Nordeste o ogulho para nordetinos, devido forti investimento em projetos agropecuarios, e emprestimos proporcinol muitas alegrias pata farios trabalhadores rurais.
    mais agora o grande “amigo” do povo tar fazendo uma barbaridade:cobrado pequenos agricutorores e os ameaçado de toma as terras para leilão e recebimento de debitos.

    Mais como esses pobres agricutores vão pagar essas dividas se todo o dinheiro dos finaciamentos foram empregados como os fiscais do banco orientaram, mas a secas 1996 ,1997…devastaram rebanhos e envetimentos em pastagem,praticamente impossivel, a não ser as terras que estam empenhoradas ,mas que são o unico bem q li restam.
    Agora esses pequenos agricutores alem de sofrem com as perdas de seus rebanhos nas secas agora estam passado por essa umilhação de porde o unico e exclusivo bem de morada e trabalho…mais o que mim deixa mais triste é saber que alguns desses agricutores naiceram e se criaram nessas terras muistos passando fome juntamente com seus familiares para adiquiriem essas terras e agora ,tam abera de perdelas .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s