E a Armação Ilimitada Continua…

Só para dar continuidade ao meu pensamento e encerrar esse sábado sem graça e já que amanhã eu vou beber todas e com certeza não enxergarei nem o botão do computador.

Voltando ao assunto do indiciamento do delegado e amigo blogueiro, Antonio Rayol, responsável pela prisão de Duda Mendonça e outros boçais no ano de 2004.

Venho acompanhando esse caso desde a prisão do “rinheiro”. Na época considerei que todas as relotações ou perdas de cargos fossem apenas a mão pesada da política do operário-meu-patrão e a cúpula da PF. Nessa semana ao ler o indiciamento do amigo e editor do vox libre, começei a pensar que a coisa é maior do que o braço político da cúpula da DPF e dos Petelhos.

Interessante que nessa confusão, o agente Fábio Domingos que não participou da operação Rudis e que apenas divulgou uma nota do sindicato intitulada “Que coincidência, heim!” informando a mídia a transferência de dois agentes que participaram da prisão do rinheiro, foi indiciado junto com o Delegado Rayol??

Para quem não sabe, Fábio Domingos é Ex-Presidente e atual Diretor de Comunicação do SSDPFRJ (Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal do Rio de Janeiro) e dispõe de imunidade sindical.

Ora, vamos por parte porque o meu Tico e Teco são semi-analfabetos.

A nota que foi liberada pelo agente Fábio não fez tanto estardalhaço assim como tem sido comentado, as ong´s que receberam essa nota é que foram para a mídia falar das “relotações” dos agentes e depois do afastamento dos Delegados, Rayol e Lorenzo da Hora quando o sindicato já não se manifestava mais sobre o assunto.

Por quê o Delegado Young indiciou somente o Delegado Rayol e o agente Fábio nas “transgressões” contra o Departamento de Polícia Federal do Ministério da Justiça, se o Delegado da Hora também levou para a mídia a verdade sobre a prisão do “rinheiro”? (vide entrevista de Sábado no Ucho Info).

Podemos perceber que Delegado acima responsável pelas “Instruções” não teve coragem de indiciar só o Delegado Rayol, e acabou levando o agente Fábio junto. Se o caso não é pessoal, sinceramente, não sei do que se trata.

O que sei, é que essa mão pesada da PF não age da mesma maneira com “Policiais” que tiveram seus nomes envolvidos em corrupção, pois muitos deles devido as “instruções mal feitas” conseguiram na justiça permanecerem em seus cargos. Os promotores de Justiça é quem sabem dessa realidade.

Mas nem tudo na PF é pesado. Tem um povo legal. Meio mal humorado, mais legal.
Tem coisas interessantes, como o Joids (Mini Olimpida entre os PF´s); o Projeto Brasileirinho (cartilha anti-drogas para crianças de 1ª a 4ª série) que apesar de suas falhas eu sou apaixonada; os escritores, Alexandre Fraga que eu adoro, Xavier Neto e seus contos e causos entre outros.

Essa semana eu vou estar falando do Joids para vocês. É muito legal. Tem um povo que reclama, afinal como eles falam “Os servidores são pagos com o nosso dinheiro” e, é um absurdo a DPF os liberarem para participarem do evento – Palavras +- publicada em um jornal no último Joids por alguém da mídia que eu não me lembro mais.

E é isso.

Vamos aguardar a Justiça!

Sds…Elaine Paiva

2 comments

  1. Fico a pensar como é estranho,não entendo muito de coisas da policia federal,mas qdo fazem injustiças , penso que deveria ter uma união bem grande, tipo um movimento, essas coisas,afinal o que pode estar acontecendo com 1 ou 2, amanhã pode se repetir com outros .
    Bom final de semana prá vc .
    Beijo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s