Livros: Segredos de depiladora

Radicada nos Estados Unidos há mais de 20 anos, a depiladora brasileira Reny Ryan, de 58 anos, nunca imaginou que o método verde e amarelo de remover os pelos da região pubiana faria tanto sucesso naquelas longínquas plagas. Detalhes de sua história bem-humorada podem ser conferidos no livro Confissões de uma Depiladora Brasileira nos Estados Unidos (Editora Matrix. 148 págs., R$ 24,90), lançado no ano passado em inglês nos EUA e que acaba de chegar ao Brasil.

Descrevendo as (íntimas) relações que acabou por estabelecer com os clientes (sim, ela pratica o método em barbudos também!) e que ultrapassaram o nível profissional, convertendo-se em grandes amizades, a brasileira conta que é impossível trabalhar com depilação e não se divertir com casos curiosos, embaraçosos e muito engraçados. Sábia, resolveu colocar mais alguns dólares no cofrinho e revelar as histórias que colecionou nesta longa carreira de sucesso entre celebridades, e dividir conosco –simples mortais – os segredos de sua poderosa mesa depiladora.

Sem recato
Pessoas famosas e outras nem tanto, que deixaram de lado a timidez e o recato na hora de entregar à brasileira o cuidado com a região íntima, se entusiasmaram com aquela depilação mais cavada, tão comum em nosso país: o modelo mais conhecido como “bigodinho de Hitler” (arghhhh!!!!) ou Landing Strip (pista de pouso), como foi batizado na terra de Tio Sam. O Beyond Brazilian, responsável pela remoção de todos os pelos da área pubiana e anal, também não faz feio: fica em segundo lugar na Reny’s Skin Care, clínica de estética da autora que leva, obviamente, o seu nome, e fica na Califórnia.

O segredo do sucesso, Reny entrega: “Aos poucos, tentei convencer as clientes mais acanhadas de que, além da higiene, a depilação tornaria essa parte tão preciosa do corpo feminino mais atraente”, ganhando a confiança delas. No Programa do Jô, a depiladora conta que algumas americanas são um tanto acanhadas e que numa delas, teve de utilizar um cabo de vassora cortado pela metade, como acessório, colocado de joelho a joelho, para que a cliente abrisse as pernas.

Enfrentar uma cultura totalmente diferente, mentes conservadoras e corpos muito mais cobertos de pelos do que um brasileiro está acostumado a ver foi o desafio encarado e vencido por esta “desbravadora”. Reny filosofa: “O Brazilian não é apenas um estilo de depilação em si, ele tem o poder de modificar o comportamento das pessoas e, principalmente, resgatar a autoestima”. Amém!

Para mais informações sobre o livro em: www.matrixeditora.com.br .
Fonte: BrPress

Assista à entrevista de Reny Ryan no Programa do Jô:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s