Estrelas da Dior invadem as telas da TV brasileira

Entre as dezenas de comerciais de fragrâncias exibidos nos intervalos da TV paga brasileira, um deles chama atenção por juntar, em apenas 30 segundos, ícones da beleza num dos ambientes mais suntuosos da França: a “oscarizada” e belíssima Charlize Theron divide os camarins de um desfile de moda com Grace Kelly, Marlene Dietrich e Marilyn Monroe, antes de entrar numa passarela montada na Sala dos Espelhos do Palácio de Versailles. Trata-se da campanha mundial do perfume J’Adore, da Dior.

O Brasil tem grande peso na estratégia global da fragrância. Há pelo menos três anos, a marca é campeã de vendas no segmento luxo, cujos preços começam a partir de R$ 200, voltado para as classes A e B e geralmente importados. Amarca faz parte do grupo LVMH – das iniciais Louis Vuitton, Moët Hennessy.

A LVMH do Brasil assegura espaço para o J’Adore na TV paga, em revistas de moda e nos pontos de venda para preservar – e avançar – no segmento em que detém estimados 7% de participação, num mercado disputado por marcas igualmente reconhecidas mundo afora. “O mercado de perfume de luxo está mais acessível para a população, por isso temos que fazer um esforço para manter nossa marca no topo”, afirma Alexandre Nakano, gerente de perfume e maquiagem da Dior para a LVMH do Brasil.

Concorrência desleal: Além de brigar com outras grifes, o perfume enfrenta a concorrência dos free-shops e das indefectíveis compras feitas no exterior, onde o item custa bem menos. É que os perfumes de luxo pagam uma alíquota de importação de 42%. Entretanto, o esforço de marketing para manter a marca em evidência perante do consumidor brasileiro tem valido a pena. “As vendas locais da linha J’Adore subiram 13% este ano, o que significa três pontos percentuais acima da média do mercado”, diz Nakano. Ele não revela faturamento da subsidiária brasileira nem a evolução de participação dos concorrentes.

A Dior comercializa no Brasil cerca de 90% de seu portfólio mundial de perfumes e maquiagens, representado por oito linhas femininas e outras cinco masculinas. Além de liderar com o perfume J’Adore, a Dior mantém outra fragrância entre o chamado “top 16” em vendas no Brasil: o Miss Dior, que tem outra vencedora do Oscar, a atriz Natalie Portman, como rosto oficial. Ao mesmo tempo em que Charlize encarna a figura sensual, poderosa e segura, Natalie vira o exemplo da “menina, quase mulher”, explica Nakano. Segundo ele, em 2012, a LVMH continuará focando na expansão de suas grifes de perfume no Brasil — por aqui, comercializa, entre outras, Kenzo, Loewe e Acqua di Parma—tanto em campanhas de TV e em revistas como nas lojas. O orçamento, porém, é uma informação tão bem guardada quanto as fórmula dos desejados perfumes. Pelas contas da empresa, cerca de 70% do mercado de artigos de luxo no Brasil é movimentado pelas vendas de perfumes.

Fonte: CI – Cosmetic Ingredients
Via Brasil Econômico

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s